30 de jun de 2016

Virei para sempre uma moradia.

Deixei de ser pessoa, virei casa, virei moradia.
Aceite hospedar um inquilino, por pouco tempo, mas aconteceu.
Neste contrato me comprometi a aquecê-lo, alimentá-lo, protegê-lo, sossegá-lo, embora nem sempre a recíproca seja verdadeira. Mas me responsabilizei por isso, não me queixar do estômago embrulhado, da dor no pé da barriga, nos seios, do novo morador chutando algumas paredes. Ele é agitado e atualmente mora num lugar apertado (que vai ficar proporcionalmente ainda menor). Eu me prometi a cuidá-lo e bem formá-lo, da unha do dedão à ponta do nariz (que provavelmente será grande). E também aguardá-lo, ansiosamente, quando, então pronto, aceitar sair do meu abrigo, de mim. Vou deixar de ser o objeto casa, serei classificada então como mãe. Mas nem por isso deixarei de ser o teto, o acalento, o alimento, o ninho... Vou aceitá-lo, vou amá-lo, vou abrigá-lo agora sob mim! Deste dia em diante deixarei de ser pessoa (só) e passarei a ser moradia (para sempre)!

28 de out de 2015

Enforme-se

Chegar cansada, mas não pára... Não pode! Péra!!! Tá todo mundo fazendo mais do que você, sabendo mais do que você, sendo mais do que você... "Mas você não é todo mundo" (memórias de mãe)... Mah, você é única, um indivíduo lindo com uma pinta na ponta do nariz... Mas quem se importa??? Nesse rolo compressor que passa por nossas cabeças com a vontade de transformar tudo numa massa só, botar pra assar numa forma igual a tantas por aí... Querida, não caber na forma tá sendo custoso pra mim. É muito difícil ser biscoito quando eles querem petit gateau... A cabeça anda tão confusa quanto a vida... E você sabe que a coisa tá ruim quando sente peso na consciência por querer assistir um filme, ou arrumar a casa... Ou ficar mesmo de perna pro ar... Onde já se viu? Que desparate!!! Vamos estudar, vamos produzir, vamos maquininha... Pra no final você ser comparada, comparada (comprada?) até finalmente ficar IGUAL! E sucesso... A forma enfim serviu... Parabéns "pseudo-petit gateau" depois de tanto esforço você será rapidamente devorada por gordinhos famintos... Valeu a pena?

30 de jan de 2015

R11

Talvez eu não viva de paixões, mas da falta delas... vc voltando para o seu posto e eu ao meu divã... que se reinicie o blog emético se assim for preciso!

"Quer resisitir, e quanto mais resiste
Mais se lhe aumenta e se lhe afunda a chaga"

18 de ago de 2014

Ama-duro-em-si

Esse blog completou 6 anos... sabe o que eu percebi??? Que eu adoro ler meus próprios pensamentos de 6 anos atrás... as coisas não mudaram muito daqueles tempos pra cá... eu só tinha mais tempo (e paciência) para articular melhor as palavras e sofria de dores crônicas de cotovelo (em crises semanais) que sempre me davam "pano pra manga"...

"SO KISS YOU PAST GOODBYE!"

15 de ago de 2014

O buraco em que a saúde brasileira se encontra...

Não estou aqui discutindo a medicina publica ou privada... mas a medicina em geral... a saúde. Que o SUS é inovador isso eu não tenho dúvida, mas a atual situação no Brasil é de que a culpa das péssimas condições de saúde são dos médicos, como se fôssemos responsáveis pela má distribuição de verba que existe. Ah, por que o médico gosta de ficar na capital... por que ninguém quer ir pro interior... médico é folgado... essa conversa só se propaga dia após dia e os médicos de repente se tornaram bandidos pelo simples fato de procurar trabalhar em um lugar onde se tem mais condições de vida, empregos, assiduidade de pagamentos, lazer e afins (como qualquer pessoa comum, afinal são todos trabalhadores). Somos metralhados por não haver nenhum estímulo para que os médico se mudem para o interior. Quem quer ir trabalhar longe da família, em condições não favoráveis e ainda correndo o risco de não ser pago? Desculpa, somos médicos e trabalhamos pela vida, inclusive a nossa!!! Se tripudiar sobre o PT é fácil? É muito fácil mesmo, a forma com que estão resolvendo a situação é imediatista e eleitoreira e só não vê quem realmente não está envolvido no assunto, seria como resolver as queimadas na mata amazônica distribuindo copos d'água aos bombeiros e a população (que só vê a notícia na TV) dizendo "ah, agora o problema acabou!" Não tenho nada contra nenhum estrangeiro que se proponha a trabalhar no Brasil, muito pelo contrário, sejam bem vindos! Se vocês são médicos, voluntários, dispostos a trabalhar, que vieram acrescentar na saúde nacional, validem seus diplomas e terei grande prazer em dividir um plantão e te contar como as coisas aqui estão. Mas não venham me dizer que a situação imposta aos cubanos é adequada, nem aos cubanos e nem a população que eles atendem. Além de não conhecer totalmente a situação local, ainda são submetidos a atender a população sem condições apropriadas, reféns de uma transação internacional que eles provavelmente não têm como mudar. Enfim... o buraco é mais embaixo e fundo.... bem fundo!

"E O PULSO AINDA PULSA!"

4 de jan de 2014

Desabafo

Eu amo o que faço... mas às vezes cansa!

Inaugurando bem os posts 2014!

11 de dez de 2013

It's all my fault...

Quando você sente que no fim das contas poderia ter mudado seu próprio rumo e não o fez pq tinha que obedecer ordens de alguém que, no fim das contas, não tá nem aí pro que vai acontecer com você depois disso tudo!

26 de nov de 2013

Desnorte

Às vezes a pessoa não se toca... ela se choca... e nessa colisão ela muda a direção... tô com a cabeça embaralhada e ainda não me direcionei para canto nenhum... meio perdida! De que me adianta ter um Norte no ombro se ele não está na minha cabeça???

25 de nov de 2013

Desamparo

A sensação hoje é que não importa o que você faça ou demonstre... as coisas nunca saem como o planejado! E lá fica você, sozinha com os seus fantasmas... monstros no armário, porque não somem??? Às vezes o voto de confiança não é espontâneo... e mesmo que você se esforce para merecê-lo, alguém se esforça para menosprezar suas atitudes e/ou dificultar o seu serviço. Tudo que se faz pode ser mal interpretado, e normalmente é!

"EU TAVA TRISTE, TRISTINHO
MAIS SEM GRAÇA QUE A
TOP MODEL MAGRELA DA PASSARELA...
EU TAVA SÓ, SOZINHO
MAIS SOLITÁRIO QUE UM PAULISTANO
QUE UM CANASTRÃO A HORA QUE CAI O PANO"

29 de jun de 2013

Mamãe, assisti uma Revolução!

Mamãe, assisti uma revolução,
Foi lindo de se ver,
O povo foi pra rua,
Desligaram a tevê.

Mamãe, alguma a coisa aconteceu
Foram tantos sacrifícios
Tantos disperdícios
Que o povo se encheu.

Mamãe, tinha até estrangeiro
Tinha americano com baiano,
Francês e africano,
Gritaram no mundo inteiro.

Mamãe, a presidenta os ouviu,
Invadiram o Congresso,
Fizeram coro e, sucesso,
A PEC caiu.

Mamãe, caiu também a passagem do busão,
E político ladrão agora tá preocupado,
Jurando acabar com a corrupção,
E mudar pro nosso lado.

Mamãe, finalmente tô com orgulho desse país,
Que esqueceu um pouquinho a bola,
Mandou as favas a Copa!
E foi lutar pelo que importa.

Mamãe, eu só queria,
Que a educação dos seus netos,
A saúde das famílias,
Tivessem no Brasil tanta importância quanto a FIFA!

Largo da Batata/SP, 17 de junho de 2013.