18 de ago de 2008

Tudo que morre fica vivo na lembrança...


"COMO É DIFÍCIL VIVER CARREGANDO UM CEMITÉRIO NA CABEÇA"

Nenhum comentário: