18 de nov de 2008

Tragam-me!

Tragam-me drogas pra tratar essa minha ansiedade, arranje um terapeuta pra minhas neuras, um nutricionista pros meus pneuzinhos, um psiquiatra pros meus surtos, um cardiologista pra esse coração doente, uma manicure para minhas unhas roídas, um colo para a minha carência (associado a um cafuné), tragam urgente o script dessa novela... que eu já não sei aonde ela vai dar, quem é o vilão e quem é o mocinho? Tragam uma garrafa de qualquer teor alcoólico para afogar as minhas mágoas, uma Duracel para trocar minhas pilhas, uma roupinha nova e bonita, tragam o bom senso que eu larguei em algum lugar, tragam a faxineira pra arrumar meu quarto, tragam meu edredom roxo para eu dormir 48h, busquem o Sol que anda fazendo falta em Bertioga, então tragam protetor, arranjem companhia para um domingo a noite e um filme de terror no cinema, tragam um atendente de telemarketing para ter alguém pra me ligar todo dia, tragam um calendário pra minha contagem regressiva, tragam tudo... e deixem por aqui.

Grata, Maíra Leite

"WHATEVER TOMORROW BRINGS I'LL BE THERE
WITH OPEN ARMS AND OPEN EYES, YEAH!"

Um comentário:

Luciana }i{ disse...

tenho um abraço =), uma tequila e o calendário. Serve?
ahhhh....melhor de ponta cabeça, do que neste marasmo...
euquero tudo e quero agora!

beijo!