25 de mar de 2009

Clichês...


É simples, de repente vc acorda e descobre que talvez esteja sonhando... ou não... e se esse for realmente um delírio meu, me deixa doida pra sempre... que a sanidade não me faz tão feliz quanto sua presença maluca ao meu lado... que o clichê atualmente me comove (ô coração besta) e o tempo passa depressa demais nos fins de semana e a eternidade é o tempo que leva o caminho entre a casa da Nina e a minha... que eu queria alguém que me completasse, mas não imaginei que seria a última peça do quebra cabeça (aquela, bem do meio, que a gente sempre acha que perdeu em algum lugar... tava longe... embaixo o sofá?), aquela que não só completa mas que faz com que a imagem faça sentido, com que finalmente fique bonito e perfeitinho assim como um casal esparramado no sofá assistindo qq coisa na TV. Ei, arranjei alguém para virar a primeira tequila comigo e a segunda e depois me carregar embora pq eu naum tenho um fígado totalflex (ainda), nem sou movida à diesel... sou doida e você é lindo!

E eu até tentaria terminar esse post, mas não sei, me parece que tenho tanto pra dizer que tão faltando as palavras... e como sempre, ansiosa, são dez pras oito e eu estou esperando vc ligar....

Soa tão clichê... mas quem se importa?
"MAS SE EU SENTIR
QUE NÓS ESTAMOS JUNTOS
LONGE OU A SÓS
NO MUNDO E ALÉM
PODE CRER QUE TUDO BEM
O AMOR SÓ PRECISA DE NÓS DOIS
MAIS NINGUÉM..."

Um comentário:

An@ disse...

Que lindjinho, Máh...
Vês como agora tudo parece fazer sentido? E é assim mesmo que funciona, o cara lá de cima sabe o que faz!:)
saudade!